top of page
film-grain-overlay-png-10.jpg

As Sete Escolas da Psicanálise

Design sem nome (1).png

1

Escola Freudiana

Sigmund_Freud_LIFE.jpg

A escola freudiana é composta Freud, FerencziReich e Anna Freud como seus principais teóricos. Freud é considerado o pai da psicanálise, logo esta é considerada a primeira escola psicanalítica

2

Escola das Relações Objetais

1200px-Melanie_Klein_1952.jpg

A segunda escola de psicanálise fundada seguindo escritos de Melanie Klein. Focada principalmente nas abordagens acerca da psicanálise infantil.

3

Escola da Psicologia do Ego

kernberg-otto_med+bw.jpg

Hartmann, Mahler e Kernberg são 3 dos grandes nomes desta escola. Baseada nos estudos freudianos, leva em consideração a mente em três partes freudiana e desenvolve conceitos relativos a memória, afeto e conhecimento.

4

Escola da Psicologia do Self

 Escola de Heinz Kohut. O Psicanalista se insere como supressão da falta de empatia das figuras parentais, possibilitando a identificação do indivíduo com o pai e a mãe e, consequentemente, com a própria identidade.

As Sete Escolas da Psicanálise

5

Escola Francesa

A Escola do famoso Jacques Lacan, Psicanalista francês que concebia a linguagem como principal fonte do inconsciente na vida humana. Além da ênfase aos conceitos de real, simbólico e imaginário e do desejo.

6

Escola de Winnicott

download.jpg

Para essa Escola, a imaginação em propor o corpo e suas relações é que moldam a psique.

7

Escola de Bion

A Escola fundada por Wilfred Bion se propõe a entender as relações grupais e de massa sob a ótica Psicanalítica.

A Psicanálise na Contemporaneidade

Design sem nome (3)_edited.jpg

A Psicanálise contemporânea está ocupada em como pensamos nossos afetos, tenta compreender nosso movimento no mundo, como construímos laços afetivos, nossas pulsões amorosas e destrutivas, seus significados, bem como aquilo que fugimos, evitamos, recalcamos, negamos e adoecemos, fazendo sintoma neurótico.

A Psicanálise não é uma compreensão cognitiva, intelectual do sofrimento psíquico, com regras e ou tarefas racionalizadas, mas nos remete a interrogar os nossos enigmas da repetição neurótica, nos leva aos nossos sofrimentos psíquicos, nos envolve a investigação do nosso sintoma como expressão da dor psíquica.

A Psicanálise como técnica é um método catártico, é a escuta daquilo que não sabemos, é a escuta do nosso inconsciente, do nosso sintoma, através dos nossos atos falhos, esquecimentos, repetição, sonhos, associações livres, portanto libertação pela palavra dita, a cura está na decodificação da linguagem.

A Psicanálise não é uma coletora de fatos, mas é a arte de processar o que foi vivido, dano novo significado, dar ressignificação ao sintoma. Aprender a mergulhar nesta jornada psíquica introspectiva é nosso desafio, quando entramos em uma análise psicanalítica.

O tratamento da psicanálise é uma amostra da vida, se repetindo no consultório, quando é uma análise real, este é o convívio com o analista, é tornar-se quem eu realmente sou.

Nossos Profissionais

Nossa equipe especial de profissionais cumpre com o Tripé Psicanalítico estabelecido por Freud, sob a responsabilidade da ANTEPS.

A seguir, nossos profissionais, suas credenciais e contatos:

bottom of page